Quarta-Feira, 13 de Dezembro de 2017  


22/11/2017

IDADE LIMITE SENAF.

O Presidente da COAF-RJ, ratifica que, com relação a idade limite para continuidade na relação nacional de árbitros e assistentes é 45 anos, ou seja, as exceções, enquanto for do interesse da CBF, serão única e exclusivamente para árbitros e assistentes que pertenceram ao quadro da FIFA.

Nunca é demais lembrar, que a continuidade do árbitro Marcelo de Lima Henrique, bem como do assistente Dibert Pedrosa Moises (ambos que pertenceram ao quadro internacional), foram prerrogativas da CA-CBF, por isso o Rio de Janeiro teve o aumento de 2 vagas, passando de 34 para 36 vagas.

Portanto, aos 45 anos é hora de largar a teta da vaca, o processo de renovação é cíclico e vai continuar (precisamos cuidar para que a vaca continue dando leite), porque se não for feito, correremos o risco de matar a vaca, como quase aconteceu com a arbitragem carioca em um passado não muito distante.

Jorge Fernando Rabello
Presidente da COAF-RJ



Comissão de Arbitragem de Futebol do Estado do Rio de Janeiro